Informe nº 1/2017

1 - A Igreja Baptista da Paz e a 3ª Igreja Baptista de Luanda compraram um terreno em Mbanza Congo para o início dos trabalhos da CBA naquela cidade. O Missionário é o irmão Domingos Miguel, proveniente da 2ª Igreja Baptista do Uíge.
Dificuldades: Está difícil encontrar casa para arrendar, o que está a dificultar fixação da família missionária.

2 - O campo da Damba é uma constelação da Igreja Baptista do Centro da Cidade do Uíge e a Igreja Baptista do Negage. O missionário veio do Negage e é sustentado pela Igreja Baptista do Centro.
Dificuldades: O missionário passa mais tempo no Negage, onde está a terminar o curso médio de Teologia, para depois poder se fixar no local.

3 - O campo de Ambaca é uma constelação da 3ª Igreja Baptista do Uíge e da 2ª Igreja Baptista de Luanda, e tem como missionário o irmão Avelino António. A mesma existe há 2 anos, tem uma assistência de 30 irmãos. Possui um terreno de 100X100 legalizado, cedido pelo Governo do Cuanza Norte para a construção de uma escola e um Posto Médico, por falta de tais serviços na localidade. Já existe galpão de 15X12.
Dificuldades: Falta de material de construção para o levantamento das paredes do templo, falta de apoio para a construção da escola e do posto médico.

4 - O campo missionário do Lubalo, na Lunda Norte, tem como missionário o irmão Adelino Francisco, A mesma tem 10 membros, uma assistência dominical de 33 irmãos, 4 frequentam a classe dos catecúmenos.
Dificuldades: falta de transporte, falta de portas, reboque e pintura do templo. Faltam de fascículos doutrinários e poucas visitas da Igreja mãe. 

5 - O campo missionário do Cahama, no Cunene, tem como missionário o Irmão Geraldo Domingos. Tem 28 membros, dos quais 10 homens e 18 mulheres e 90 crianças, com uma assistência dominical de 145 almas.

6 - O campo missionário da Gabela, no Cuanza Sul, tem como missionário o irmão Paulo Martins Cayelo. A missão tem 47 membros, dos quais 13 mulheres, 28 jovens, 6 homens, 45 crianças. 45 irmãos estão na classe de catecúmenos e 31 são assistentes. A missão possui um ponto de pregação.
Dificuldades: Falta de um meio de transporte para facilitar a visita às aldeias distantes, falta de literatura como Bíblias, Cantores, folhetos de evangelização, roupas usadas, medicamentos, formação teológica intensiva para os membros e líderes.

7 - O campo missionário do Mungo, pertencente a Igreja Baptista do Dundo- Chitato, tem como missionário o irmão Pedro Sanguhanga a mesma tem 68 membros, 12 estão na classe de catecúmenos, e regista uma assistência dominical de 100 a 140 pessoas. O campo tem 1 ponto de pregação. Em Dezembro houve um estudo Bíblico durante 6 dias. Em Janeiro o pastor deu um treinamento de líderes, a evangelização porta a porta é constante.

8 - O campo missionário do Camissombo tem como missionário o irmão Rui Agostinho Muavamuege, tem 17 membros, sendo 9 homens, 10 mulheres, 4 adolescentes, 7 crianças, 1 casal e uma assistência dominical de 30 almas. 

9 - O campo missionário do Ambriz, no Bengo, conta com 31 membros, 12 irmãos na classe de catecúmenos e 100 crianças. No dia 05 de Fevereiro de 2017 aconteceu o culto de lançamento da primeira pedra para a construção do templo, presidido pelo pastor João César, presidente da CBA. Contou também com a presença das igrejas de Luanda, governantes e autoridades tradicionais. Aconteceu também o primeiro casamento, que foi dos irmãos João Filipe e Maria Armando.

10 - Ministério Com Surdos e Mudos: O Missionário é o irmão Francisco Cassinda Epamba, que está na cidade do Huambo, onde tem evangelizado os mudos e surdos, com vista a leva-los para Jesus. No mês de Dezembro foi ao Namibe para constatar o andamento do Ministério com Surdos e mudos na Igreja Baptista de Plató e fortalecer aquele Ministério naquela localidade. No seu regresso fez uma paragem no Lubango, onde evangelizou alguns surdos e mudos e também mantiveram um encontro com os mudos da Igreja baptista Nova Vida no Lubango.
Na Cidade do Huambo foi baptizado um surdo e temos outros 6 novos convertidos que oportunamente descerão às águas Baptismais. O ano todo de 2016 foram baptizados 5 surdos e todos eles estão em plena comunhão. Dos mais de oitenta surdos assistidos, 38 são membros.
Alvos para este ano: Melhorar a adoração, evangelização, discipulamento, comunhão e serviço, bem como a produção de vídeos em língua gestual para diminuição das dificuldades dos intérpretes das nossas Igrejas onde existe Ministério com surdos.

11 - A igreja Baptista Bom Pastor começou um trabalho missionário no Bairro Cinco Casas na área do Wezo, no Bengo. Precisa-se Igrejas para avançarem juntos. 

12 - A 2ª Igreja Baptista do Zango está a trabalhar na prospecção missionária nos municípios de Cacuso e Massango (sede), província de Malange, para a abertura de novos trabalhos nessas localidades.

13 - A visita a província da Lunda Sul incentivando as igrejas locais para trabalharem no sistema de constelação. Incentivamos a igreja do semeador e a 1ª Igreja Baptista de Saurimo a trabalharem juntas para a instalação da família missionária Salvador Alone no município da Dala.